Remoção de Partículas Atmosféricas

É mantida na Itália a maior parte de todo o patrimônio histórico-artístico mundial. Foram documentados na Itália mais de 60 mil bens culturais (Carta de Risco, ICR, 1996).

Nas últimas décadas, o patrimônio histórico e artístico tem sofrido, em geral, uma maior degradação com respeito ao que assistimos no passado, de forma a sugerir que a poluição atmosférica é uma das mais importantes causas deste processo.

Geralmente, as principais causas de degradação a que os materiais estão sujeitos pode ter duas origens diferentes: a natural (como o gelo, a cristalização de sais, o micro-clima e as mudanças de temperatura) e a antrópica, representada principalmente pela poluição atmosférica.

A poluição atmosférica exerce a sua atividade de degradação alterando as propriedades físicas, químicas e biológicas do ar, e causando alterações mais ou menos graves aos artefatos expostos à sua ação.

Entre as substâncias poluentes mais encontradas estão as Partículas Atmosféricas, especialmente as partículas de carbono provenientes da queima de combustíveis fósseis, que podem se acumular e então danificar artefatos de pedra, bronze, quadros e afrescos.

As substâncias que são capazes de deteriorar uma obra podem derivar e ser emitidas a partir de diferentes fontes, em particular:
Processos de combustão no âmbito industrial e doméstico que geram poluentes aeriformes como o dióxido de carbono, dióxido de enxofre, partículas de carbono.Tráfego veicular (produção de óxidos de carbono, nitrogênio e enxofre, partículas, poeira provenientes do desgaste de superfícies de estrada, pneus e hidrocarbonetos não queimados).
Tratamento de artefatos em processos industriais e combustão de resíduos que liberam na atmosfera vapores de solventes orgânicos, anidrido sulfúrico, ácido clorídrico, óxido de azoto, hidrocarbonetos não queimados e partículas.
O método TECH ITAL  é indicado para a limpeza de obras monumentais em pedra, terracota antiga e tijolos particularmente delicados que apresentam uma acumulação de fumaça preta, partículas atmosféricas, carbonatação, depósitos solidificados ao material, já que permite manter a película natural de proteção do artefato inalterada (pátina do antigo).

Sistemas utilizados:

  • MÁQUINA DE JATEAMENTO ECOLÓGICO – TECH ITAL  9
  • MÁQUINA DE JATEAMENTO ECOLÓGICO – TECH ITAL  25
  • MÁQUINA DE JATEAMENTO ECOLÓGICO – TECH ITAL  9 H2O
  • MÁQUINA DE JATEAMENTO ECOLÓGICO –TECH ITAL  25 H2O

Inertes utilizados:

  • CARBONATO DE CÁLCIO – CARBONART Z5

CONTATO